Governo de Goiás

Secretaria de Estado da Casa Civil

Procure o que você precisa:
Quinta, 27 de Novembro de 2014
Notícias
Marconi assina com Dilma unificação do Renda Cidadã com o Bolsa Família
16/12/2011 10h04

O governador Marconi Perillo e a presidente Dilma Rousseff assinaram hoje, no Palácio do Planalto, a unificação dos programas Bolsa Família do Governo Federal e Renda Cidadã de Goiás. A junção dos dois programas de transferência de renda foi uma reivindicação apresentada pelo governador ao então presidente Lula, quando do lançamento do Bolsa Família. Goiás foi pioneiro no lançamento de programas de inclusão social e distribuição de renda.

Ao assinar a unificação dos dois programas Marconi Perillo admitiu que estava realizando um sonho e enfatizou em seu discurso que o Governo de Goiás está aberto a estreitar, ainda mais, as parcerias com o governo federal. Cumprimentou a presidente pelo recente aniversário e reconheceu o trabalho da ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

A presidente Dilma Rousseff citou as declarações de Marconi sobre a importância da integração dos programas sociais do governo federal aos dos Estados: “Isso é o reconhecimento de um método de transferência de renda que é impessoal, que não é clientelista”, discursou, dirigindo-se aos governadores do Centro-Oeste – Marconi Perillo (Goiás), Silval Barbosa (Mato Grosso), André Puccinelli (Mato Grosso do Sul) e Agnelo Queiroz (DF). 

Dilma Rousseff ressaltou que o Brasil Sem Miséria é um programa de Estado, capaz de unir governadores eleitos por partidos que não estão na base do governo. A presidente se emocionou com a fala do quilombola Jorge Moreira Bandeira, pertencente à comunidade Calunga de Cavalcante (GO), que agradeceu à presidente pelo programa Luz Para Todos, que permitiu que ele concluísse o ensino fundamental.

O termo de compromisso do Pacto do Centro-Oeste do Plano Brasil Sem Miséria prevê ações voltadas a 557.449 pessoas, que vivem com renda mensal de até R$ 70. Em Goiás, a complementação de renda será feita a todas as famílias que permaneçam com renda per capita inferior a R$ 70 mensais, mesmo após o  benefício do Bolsa Família. Na solenidade, o governador Marconi Perillo anunciou à presidente Dilma que o Governo de Goiás vai integrar todos os seus programas sociais de transferência de renda com o Bolsa Família. Também agradeceu à presidente pela atenção demonstrada quanto a reivindicação formulada por ele e pelo governador de Brasília, Agnelo Queiroz, de criação de um PAC específico para região do Entorno de Brasília.

Durante o lançamento do Pacto do Centro-Oeste, a presidente Dilma assinou decreto que regulamenta o Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais, instituído em outubro, passado. O programa prevê a transferência pela União, por meio do cartão Bolsa Família, de até R$ 2,4 mil mensais para famílias extremamente pobres de áreas rurais. O repasse, feito em parcelas mensais durante um período que pode variar de três meses a dois anos, servirá para apoiar o aumento da produção e a comercialização excedente de alimentos dessas famílias.

Rua 82, Palácio Pedro Ludovico Teixeira s/n , 8º andar, Setor Sul - CEP : 74088-900

© Copyright 2012. Todos os direitos reservados. Desenvolvido pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento